April 06, 2022 #ChileDiverse #ChileSustainable

De Ovalle para o mundo: uma parada no deserto é a estrela da nova campanha internacional da Imagen de Chile.

Configurações de acessibilidade

Essa nova campanha faz parte da estratégia de imagem do país, Chile Creating Future, que busca transformar a maneira como o Chile é projetado para o mundo, posicionando o país por meio do talento e dos chilenos como agentes de mudança.

"Natalia e Nicolás estão criando um futuro fértil para o deserto. E se Natalia e Nicolás criam um futuro, o Chile cria um futuro". Essa é uma das frases poderosas da nova campanha com a qual a Imagen de Chile busca posicionar nosso país no exterior, por meio de uma série de 6 novas peças audiovisuais da campanha "Chile Criando Futuro", e onde uma das histórias é protagonizada por Natalia e Nicolás, fundadores de Un alto en el desierto, a primeira rede de coletores e recicladores de água do Chile. De Ovalle para o mundo.

"Deixar de ser percebido como o país da beleza geográfica para ser percebido como o país do talento, implantado em todo o nosso território. Esse é o objetivo da nova etapa da campanha Chile Creando Futuro, que incorpora as histórias de homens e mulheres chilenos de todo o país, inovadores desconhecidos e, acima de tudo, com propósito, que se conectam com os desafios globais e propõem soluções. Constanza Cea, diretora executiva da Imagen de Chile, disse que a marca Chile está associada ao talento cidadão, focado em contribuir socialmente, para criar o futuro em todos os cantos do país. "Se cada chileno está criando o futuro, então o Chile também está. São eles que representam a imagem que queremos projetar do país", acrescentou.

Uma solução para a crise hídrica no deserto; a transformação de espaços urbanos em áreas verdes; a combinação de reciclagem e agricultura; o incentivo à construção com materiais recicláveis; a proteção de espécies ameaçadas de extinção contra acidentes rodoviários; e o incentivo à eletromobilidade são os temas abordados nas 6 cápsulas dessa nova etapa da campanha, casos que, desta vez, têm origem nas regiões.

Para selecionar os casos que compõem as peças, foram convidadas a participar a G-100, a Fundación Kodea e a Camiseteados, organizações que buscam promover o empreendedorismo em todo o país, concentrando-se naquelas que atualmente estão gerando soluções para diferentes problemas.

"O futuro do Chile é construído por seus cidadãos. Somos um país resiliente que se levanta e, quando estamos comprometidos com o bem comum, somos capazes de cruzar montanhas e oceanos por nossa comunidade. Essa campanha retrata uma característica inata dos chilenos, que é o fato de vermos um problema e nos tornarmos parte das soluções. Os chilenos que criam o futuro vestem a camisa do Chile e inspiram todos nós a sermos melhores com sua força e energia", diz Karen Rauch, diretora da Fundación Camiseteados.

Capturando a névoa do deserto

Localizada em Ovalle, na região de Coquimbo, "Un alto en el desierto" é a primeira rede de coletores e recicladores de água no Chile que, por meio de 28 coletores de neblina localizados na Reserva Ecológica Cerro Grande, consegue coletar uma média de 1.537 litros de água por dia, o equivalente a quase 600.000 litros por ano, representando um dos melhores resultados de coleta de neblina no Cone Sul.

"É muito importante mostrar a situação em que nos encontramos: a situação crítica de mudança climática, escassez de água, injustiça hídrica, e como podemos gerar soluções a partir de nós mesmos, soluções concretas e reais que nos permitam gerar litros de água e que nos permitam enfrentar essa situação", diz Natalia Rebolledo, diretora executiva da Un Alto en el Desierto.

"Estamos honrados em fazer parte dessa campanha, e ela é muito relevante porque permite que outras pessoas vejam que isso é algo que pode ser feito, que é simples dentro das soluções complexas que são nomeadas, e que todas as pessoas podem replicar isso em suas casas, escolas, comunidades e, ao mesmo tempo, se sentirem chamadas a mudar", acrescenta.

Hoje, essa organização sem fins lucrativos busca apoiar indivíduos, instituições e comunidades a desenvolver estratégias para se adaptar à crise hídrica cada vez mais evidente em nosso país, por meio da educação ambiental, da inovação e do desenvolvimento de soluções hídricas de baixo orçamento adaptadas aos territórios em geral e aos indivíduos e suas organizações em particular.

Um exemplo disso é o trabalho colaborativo que fizeram com a escola La Araucana, na cidade de Huallillinga, onde juntos desenvolveram sistemas de coleta de água cinza e de água da chuva, o que lhes permitiu criar hortas e conscientizar os alunos.

Uma campanha internacional

Com 6 peças audiovisuais musicadas pelo autor nacional radicado na Espanha, Diego Lorenzini, esta nova parte da campanha Chile Creating Future busca continuar conquistando o mundo com a ajuda de inovadores. Desde seu lançamento em 2020, Chile Creating Future já alcançou mais de 165 milhões de pessoas.

As novas peças audiovisuais serão divulgadas a partir de hoje e nos próximos meses para o público internacional em três idiomas (espanhol, inglês e português), nos mercados de Nova York, Londres, Madri e São Paulo, por meio de plataformas digitais.

Essa nova campanha, que além de cápsulas multimídia inclui uma página de destino que aprofunda as histórias de cada um desses homens e mulheres chilenos, busca inspirar por meio do talento, da sustentabilidade, da inovação e do investimento, concentrando-se nas experiências de chilenos desconhecidos que hoje estão criando o futuro.

Confira todas as histórias em nosso site: marcachile.cl.

 

Outras notícias relacionadas
03 de maio de 2024 #SustainableChile
May 03, 2024 #SustainableChile #Columns
02 de maio de 2024 #SustainableChile

Boletim informativo

Imagem do Chile