06 de junho de 2024 #ChileDiverse

"A coisa natural a fazer é vir": O'Higgins, um dos 52 lugares para visitar em 2024 de acordo com o New York Times, faz o segundo lançamento de sua marca regional

Configurações de acessibilidade

A estratégia de posicionamento é o resultado do trabalho colaborativo entre diferentes instituições regionais, públicas e privadas. Durante o marco, foi anunciada uma aliança com a Fundación Imagen de Chile, com o objetivo de impulsionar a imagem da região e adicionar empreendedores locais ao Programa Made By Chileans.

A região de O'Higgins foi reconhecida pelo The New York Times como um dos 52 lugares para visitar em 2024, por suas atrações turísticas, patrimoniais e produtivas. Nesse contexto, a região relançou sua marca regional, confiante em posicionar a sexta região internacionalmente como um destino turístico e cultural.

Do campo de mineração de Sewell, um Patrimônio da Humanidade, a mais de dois mil metros acima do nível do mar e com uma cadeia de montanhas nevadas ao fundo, o serei econômico, Darío García, destacou o progresso da estratégia "Região de O'Higgins, o natural é vir", resultado de um trabalho colaborativo entre os setores público e privado. 

Sewell, um Patrimônio Mundial, foi o local do lançamento da segunda etapa da marca "O'Higgins Region, the natural is to come".

Nessa nova etapa, foi anunciada a assinatura de uma aliança estratégica com a Fundación Imagen de Chile, que tem como objetivo promover a imagem de O'Higgins sob o guarda-chuva da Marca Chile e agregar empresas e empreendedores locais como licenciados do Programa de Uso da Marca Made By Chileans. " A presença da Imagen de Chile faz parte da consolidação do trabalho que reúne os esforços de todos os setores, com o objetivo de promover os valores da diversidade, da inclusão e do cooperativismo para a consolidação da Região de O'Higgins como destino turístico", ressaltou.

Por sua vez, a diretora executiva da Imagen de Chile, Rossana Dresdner, destacou o papel desempenhado pelas regiões na construção da imagem que projetamos para o mundo. "A imagem do país é construída a partir de uma perspectiva regional. Cada região é um elo essencial na imagem de nossa nação, e é por meio dessa história coletiva de diversidade, humanidade, conquistas e esperanças que podemos contar o verdadeiro Chile", disse ela. 

A região de O'Higgins se destaca por ser uma das áreas onde as frutas são cultivadas e exportadas para diferentes países do mundo.

Enquanto isso, a presidente da Chile Sertur e membro do conselho da Imagen de Chile, Evelyn Henríquez, valorizou a importância da criação de marcas regionais e o papel da Fundação nessa tarefa. "Tudo o que a Marca Chile está fazendo em termos de promoção internacional do país deve andar de mãos dadas com as estratégias locais", enfatizou.

"Para nós, a marca regional faz parte do que estamos construindo como proposta, não apenas no campo do turismo, mas também ao refletir a identidade, os valores e os atributos que temos como região e que queremos mostrar ao mundo", acrescentou o diretor regional da Sernatur, Carlos Escobar.

Pichilemu, na região de O'Higgins, é conhecida como "A capital mundial do surfe".

Entre os atributos que agora são reconhecidos na região está sua tradição vinícola, com vinhedos reconhecidos internacionalmente por sua qualidade e compromisso sustentável. Da mesma forma, estão seus esforços para promover o turismo rural, que em 2023 levou a cidade de Barrancas a ser premiada pelas Melhores Aldeias Turísticas da ONU Turismo.

Outras notícias relacionadas
20 de junho de 2024 #ChileDiverse

Boletim informativo

Imagem do Chile